Como escolher o nicho de mercado certo

//Como escolher o nicho de mercado certo

Como escolher o nicho de mercado certo

Há quem diga que, escolher o nicho de mercado é questão simples, porém, nem sempre esta afirmativa é verdadeira.

Mas, primeiramente, é necessário que se entenda o que, afinal, é um nicho. O nicho é o grupo especifico de mercado para o qual sua estratégia será direcionada

Um sub nicho na verdade, um exemplo você quer estabelecer uma estratégia de conteúdo para o nicho automobilístico > focando em  carros hatch > especificamente para o público feminino e por ai vai… Viu como é possível ir passando de sub nível à subnível e afunilando pra chegar em um nível que você claro vai pesquisar e entender os problemas desse grupo afim e ajudá-los a fazerem escolhas por exemplo: o melhor orçamento, a melhor escolha de compra e financiamento ou as melhores opções de usados, as tendências, os melhores seguros, e uma infinidade de temas que podem ser muito interessantes para esse público.

Porém, nem sempre é fácil escolher o nicho de mercado que melhor se adapte a você, uma vez que normalmente as opções são muitas e Temos a tendencia natural de querer ser abrangentes e alcançar o maior número possível de pessoas. E é claramente, importante que esse nicho traga retorno, então muitas coisas precisam ser avaliadas em conjunto, para que possa escolher o nicho de mercado certo, que gere lucratividade e possibilite encontrar o público adequado.

É importante conhecer o comportamento destes clientes avaliando o que eles estão buscando.

Necessário também avaliar se este nicho já está sendo atendido por outras empresas. O que pode ser muito bom significando que o nicho é próspero.

Sua experiência com seu mercado no dia-a-dia pode lhe ajudar a definir e atuar também em um nicho que ainda não foi explorado.

Os nichos passaram a ser muito mais explorados com o grande crescimento da internet, uma vez que antes, por questão da limitação de espaços físicos e também da limitação dos veículos para pulverizar as informações, pois essas sempre foram muito focadas para as massas. Então as empresas optavam categorizar pelos itens mais procurados, mais vendidos etc.

Os nichos recentemente são conhecidos também como cauda longa.

“A Cauda Longa (em inglês, ‘Long Tail’) é uma teoria criada pelo jornalista americano Chris Anderson, editor-chefe da revista Wired, curador das conferências TED e também CEO da empresa 3D Robotics (que produz tecnologias com drones).”

O termo “Cauda Longa” foi popularizado por Anderson em outubro de 2004, quando ele escreveu um artigo na Wired falando sobre esse conceito que, dois anos mais tarde, se tornaria o objeto de estudo de seu livro A Cauda Longa: Do Mercado de Massa Para o Mercado de Nicho.

Referencia: http://www.laparola.com.br/chris-anderson-e-o-fenomeno-da-cauda-longa

Escolher o nicho de mercado certo e trabalhar apenas com ele foi possível quando as tecnologias permitiram que isso acontecesse, com a possibilidade de divulgação nacional e internacionalmente, assim permitindo que qualquer pessoa do mundo, interessada em seu produto, o adquira online, sem se preocupar geograficamente com a base da sua empresa, importando muito mais o desejo de ser atendido em sua necessidade muito específica de compra. Podendo adquirir sem maiores problemas através das pesquisas online.

Enquanto isso especialistas estão na outra ponta atuando com estratégias de marketing suficientes para geração e atendimento da demanda. Atuando sem pestanejar no nicho de mercado certo.

Nem todas as empresas investem em nichos de mercado e normalmente as que o fazem são as de menor porte. As maiores tendem a acreditar que esta estratégia não gera uma lucratividade ou seja tão interessante, porque ainda existe a cultura de massa.

Porém, do ponto de vista do novo modelo de marketing, sabe-se que, para quem está começando a redigir conteúdos para um site, escrever sobre tudo para qualquer pessoa acaba sendo muito vago e diminuindo as chances de sucesso. Portanto, escolher o nicho de mercado certo pode vir a ser a chave para seu sucesso profissional.

Amazon, por exemplo, iniciou todo o seu procedimento online com apenas um nicho de mercado antes de se tornar a potência que é hoje, um empreendimento milionário.

Mas afinal, qual é o nicho que devo escolher e como trabalhar com ele?

Em meio a tantas possibilidades, é preciso que sejam entendidas algumas dicas que podem auxiliar a escolher o nicho de mercado certo. Entre elas:

Escolha um nicho no qual você adore trabalhar;

Mas não se iluda, ele precisa passar por um crivo para que não hajam frustrações e falhas estratégicas no futuro.

Mas certamente se você puder escolher um segmento do qual você tenha interesse, realmente goste, pode facilitar todos os processos futuros, uma vez que quando se gosta de algum tema, escrever sobre ele se torna prazeroso e o leitor passará a sentir este mesmo prazer na leitura de suas produções, que não serão pesadas ou cansativas.

Procura pelo nicho;

Escolher o nicho de mercado certo implica em consultar, a maior quantidade de fontes possíveis, quais são os nichos mais procurados ou acessados do momento. Estenda a sua pesquisa, não a faça apenas na sua região, busque aprender com também com mercados em outras regiões ou países, uma vez que a internet possibilita que um mesmo conteúdo seja acessado pelo mundo inteiro.

Sites como Amazon.com e de grandes livrarias também oferecem os itens mais vendidos e mais populares, essa pode ser uma excelente dica pra que você entenda se seu público está buscando por aquele assunto, pesquise nestes lugares também.

Prefira nichos raros ou ainda pouco explorados;

Só quem já procurou muito por um produto, sabe o quanto ele se torna importante na hora que é encontrado. E, quando isso acontece, o valor pago por ele nem sempre é motivo de reclamação, afinal, poucos locais o vendiam e se a pessoa estava disposta a compra-lo, não se importaria de pagar alto pela aquisição.

Para escolher o nicho de mercado certo é possível entender seu público de acordo com alguns critérios denominados segmentação. Esta pode ser geográfica, que é composta das pessoas que moram em determinados lugares: bairros, cidades, estados, países; demográficas, que se baseia na idade, religião, nível de escolaridade; psicográfica, levando em consideração qual é o estilo de vida que a pessoa tem e sua personalidade e ainda a comportamental, ou seja, como ela age em meio a cada situação. Verifique bem quais são as características mais importantes para a sua segmentação. Como por exemplo no universo automobilístico, você pode escolher trabalhar com carros de pequeno porte para mulheres que precisam de bom preço, qualidade e economia e praticidade. Você pode escolher atuar fazendo consultoria para que elas escolham o melhor carro, pode fazer inúmeras recomendações sobre formas de financiamento, empresas de manutenção, conservação, e muito mais.

Verifique a rentabilidade de seu nicho;

Por mais que o objetivo seja trabalhar com algo que se goste, é preciso entender que escolher o nicho de mercado certo significa também pensar no retorno financeiro que isso pode gerar. Portanto, antes de a escolha ser feita, é preciso pensar se este nicho, naquele momento faria sucesso e produziria rentabilidade. Do contrário, a menos que o seu objetivo seja unicamente se distrair escrevendo, sua estratégia poderá falhar.

  • Saiba organizar os nichos através de domínios chamativos;

Depois de escolher o nicho de mercado certo, é importante ter em mente que este deverá ser inserido em uma ferramenta online, seja ela em site, blog ou rede social. Porém, vale lembrar que, para que aconteça essa publicação em uma das duas primeiras opções, é preciso se ter um domínio, ou seja, uma forma como esta página será chamada e digitada para ser encontrada.

Este domínio deve ser bem pensado e ter muitas coisas em comum com o tema escolhido como nicho. Assim, o público, apenas com a leitura do domínio já saberá do que se trata e se sentirá ou não atração pelo produto ou conteúdo.

  • Utilize ferramentas online para se aprofundar em seu nicho;

Há quem acredite que basta escolher o nicho de mercado certo e começar a produzir, mas não funciona exatamente assim. Para facilitar a vida dos redatores, existem diversas possibilidades de aplicativos que funcionam com o objetivo de encontrar temas para se trabalhar a partir deste nicho, assim como, encontrar palavras chaves.

Uma das opções disponíveis chama-se Google Keyword Planner  e se baseia na ideia de auxiliar o redator encontrando termos relacionados a cada assunto. Já o Google Trends, funciona objetivando mostrar ao público virtual gráficos com as pesquisas feitas pelas pessoas em determinadas épocas, o que facilita para quem deseja encontrar um nicho bem procurado.

  • Comprometa-se, dedique-se;

Depois de escolher o nicho de mercado certo, dedique-se a ele, estude-o, queira saber mais, conhecer argumentações variadas, tipologias específicas. Fundamente seus argumentos, comprometa-se a passar a seus leitores o que de melhor estiver disponível no mercado sobre seu nicho, uma vez que, só assim, será possível construir e conquistar um público e mantê-lo.    

Se não houver essa dedicação, o conteúdo elaborado na sua página passará a ser comum parecido com todas as outras que elaboram publicações sobre os mesmos assuntos, fazendo com que, dificilmente, você atinja o público que espera. Produzir conteúdos inteligentes para seu público alvo é a melhor saída e prova de comprometimento para com ele, uma vez que é isso que eles buscam.

  • Usar argumentos que lhe possibilitam ganhar autoridade;

Uma página virtual passa a fazer sucesso, quando o público encontra naquele material, uma leitura agradável e verdadeira, em que se possa confiar. Isso porque é muito comum que, as pessoas queiram passar credibilidade, mas não saibam como conseguir. Dessa forma, além e escolher o nicho de mercado certo, é preciso escolher os argumentos e a forma de escrita ideal, para que então se consiga alcançar este poder argumentativo.

A credibilidade é algo construído, que será conseguido depois de muito tempo no ar com a sua página e diversas publicações de sucesso sobre o ou os nichos determinados. De sucesso, não necessariamente significa com um grande público acessando, mas sim, com informações suficientes e diferentes do que se encontra no mercado e que passem para o público leitor a argumentação necessária que o possibilite ter credibilidade com o seu público. Entender um pouco da sua persona também ajudará!

  • Objetivos que se pretendem alcançar;

É preciso que se tenha em mente aonde se quer chegar antes de escolher o nicho de mercado certo. Não que isso não possa ser discutido no meio do caminho, depois de algumas publicações feitas ou de saber o que seu público tem achado do que está lendo, mas se isto for especificado antes do início das publicações ou tentativas de vendas, tudo ficará mais fácil, uma vez que o seu planejamento será feito com base nisso.

Desta forma, percebe-se que escolher o nicho de mercado certo é trabalhoso, mas não é tão difícil quanto parece, basta que este seja escolhido com base no que a pessoa gosta e tem conhecimento e ainda, depois de uma pesquisa específica com relação a o que as pessoas desejam saber ou conhecer mais.

By | 2017-04-05T19:14:07+00:00 5 de abril 2017|Táticoo|